RandomBlog
segunda-feira, janeiro 03, 2005
 
Tsunami na Ásia:
A amplitude da catástrofe teria podido ser evitada por Il Manifesto


Trata-se certamente de uma catástrofe natural, mas se ela acontecesse em outra parte do mundo o balanço teria sido diferente. As informações sobre aquilo que estava a ponto de acontecer não chegaram (houve quatro horas de intervalo que teriam podido ser aproveitadas para alertar as populações, particularmente as da Tailândia, do Sri Lanka, da Índia e das Maldivas).
Charles Mc Creery, director do Pacific Warning Center cuja sede é em Honolulu, na ilha do Hawai, declarou ao Seattle Post-Intelligente que no dia do desastre a sua equipe tentou desesperadamente por-se em contacto com os países que iriam ser afectados pela muralha de água.
Por que a notícia não chegou?
Não há sistema de alerta nestes países, explica Mc Creery, acrescentando uma frase pelo menos desconcertante: "Nós fizemos todo o possível. Mas não tínhamos nas nossas agendas contactos ou números de telefones nesta região do mundo".
Segundo Mac Creery, alguns minutos depois de ter recolhido as informações dos sismógrafos, a sua equipe e ele se teriam posto em contacto com a Austrália, depois com as unidades da Marinha americana na zona e por fim com o Departamento de Estado que se supõe, mas está tudo por verificar, avisou os governos da região. Do lado indiano nega-se que tenham chegado informações e advertências de perigo dos Estados Unidos. A Índia e o Sri Lanka, por falta de atenção, de experiência e sobretudo de meios não estão no sistema internacional de alarme sobre tsunamis, criado após o grande tremor de terra no Alasca em 1964. A Indonésia faz parte do mesmo, mas só teoricamente.
Infelizmente, reconheceu o professor Budi Walayo, funcionário da agência meteorológica e geofísica indonésia, não dispúnhamos de equipamento que pudesse nos prevenir da formação e da direcção dos tsunamis. Os aparelhos são muito caros e não tínhamos o dinheiro para comprá-los. Nas costas do Pacífico, sobretudo nos EUA, existem não só os aparelhos como também programas educativos com exercícios de evacuação.
De facto, como afirmou o professor Tas Murty, perito em tsunamis da Universidade de Winniping, "Não há qualquer razão para que haja uma única vítima dos tsunamis. As vagas são absolutamente previsíveis. Nós aperfeiçoámos quadros que nos informam a velocidade de propagação da vaga no Oceano Índico. E, para chegar à Índia, o tsunami devia gastar quatro horas. Um tempo amplamente suficiente para dar o alarme".
Trata-se pois de uma catástrofe natural, mas também se deve ao facto de ocorrer em zonas do planeta em que o ocidente está totalmente desinteressado.
Pode-se igualmente perguntar acerca do facto de que o Departamento de Estado devidamente prevenido, numa zona onde existem numerosas bases norte-americanas, não se tenha posto em acção para prevenir a catástrofe anunciada. Estamos longe das novelas e dos filmes de catástrofe que a televisão nos despeja, onde os Estados Unidos, salvadores da humanidade, põem em acção, sob a orientação directa da Casa Branca e do seu presidente, uma operação salvadora. Estamos diante da realidade deste mundo, da acumulação insensata de armas, da pilhagem e da indiferença para com as infelicidades dos pobres. O terrorismo também tem um epicentro.

O original encontra-se na edição de 28/Dez/04 de Il Manifesto .
A versão em francês em http://globalresearch.ca/articles/MAN412A.html
Este artigo encontra-se em http://resistir.info/ .

 
Comments:
Looking for information and found it at this great site... » »
 
Publicar um comentário

<< Home
Notícias da Resistência | desde Agosto de 2003 m@il | tiagoms3@yahoo.com.br




  • "(...) porque Cavaco simboliza aquilo que mais náuseas me provoca: a banalização de tudo, o sucesso ranhoso e vazio, o atropelo dos valores e das pessoas, o autoritarismo descabelado, a demagogia, o nacional-carreirismo e os favores, a aldrabice e a cunha, a indiferença, o elogio da pirosice, a ignorância e a escandalosa nulidade cultural, etc, etc..."
    Al berto, "NEM MAIS - jornal do movimento de jovens apoiantes incondicionais de sampaio", 1995




    REDE DE BLOGUES ANTI-CAVACO (em criação...)

  • CAVACO FORA DE BELÉM
  • STOP CAVACO
  • HIPER CAVACO
  • O VOTO É A ARMA DO POVO
    Nome:
    Localização: Lisboa, Portugal
    ARQUIVOS
    08/2003 - 09/2003 / 09/2003 - 10/2003 / 10/2003 - 11/2003 / 11/2003 - 12/2003 / 12/2003 - 01/2004 / 01/2004 - 02/2004 / 02/2004 - 03/2004 / 03/2004 - 04/2004 / 04/2004 - 05/2004 / 05/2004 - 06/2004 / 06/2004 - 07/2004 / 07/2004 - 08/2004 / 08/2004 - 09/2004 / 09/2004 - 10/2004 / 10/2004 - 11/2004 / 11/2004 - 12/2004 / 12/2004 - 01/2005 / 01/2005 - 02/2005 / 02/2005 - 03/2005 / 03/2005 - 04/2005 / 04/2005 - 05/2005 / 05/2005 - 06/2005 / 06/2005 - 07/2005 / 07/2005 - 08/2005 / 08/2005 - 09/2005 / 09/2005 - 10/2005 / 10/2005 - 11/2005 / 11/2005 - 12/2005 /




    Powered by Blogger




  • LINKS
  • ÀS DUAS POR TRÊS
  • BERRA BOI
  • DIAS VAGABUNDOS
  • ENTRE SONHOS
  • LA PIPE
  • SPECTRUM
  • TITAML
  • SOCIOCRACIA
  • LES UNS ET LES AUTRES
  • DESCRÉDITO
  • BOAS INTENÇÕES
  • EM ORBITA
  • FILHO DO 25 DE ABRIL
  • TESSITURAS
  • AQUI QUEM FALA SOU EU