RandomBlog
quarta-feira, fevereiro 16, 2005
 
Comparação das Linhas Estratégicas dos Programas Eleitorais do PS e da CDU, relativamente ao Ordenamento do Território:

(PS) O PS defende como uma das suas linhas estratégicas a promoção da coesão territorial sem referir como eixo central das suas políticas o combate à desertificação do interior ou sem enunciar uma estratégia concreta de intervenção dos subúrbios das grandes cidades.
Inclusivamente refere: “Todavia, o mais importante é potenciar o dinamismo dos sectores económicos que em cada região podem impulsionar o desenvolvimento e a sua integração em espaços mais vastos” – pp. 96, o que conduz necessariamente para uma neoliberalização da gestão e ordenamento do território.
Por outro lado nas questões de ambiente relacionadas com o ordenamento do território apresenta uma retórica inconclusiva com frases do tipo: “devolver a ambição à política de ambiente e ordenamento do território e reforçar a integração das preocupações ambientais e territoriais nas diferentes políticas sectoriais” ou “um sistema de gestão territorial mais efectivo, mais coerente, mais descentralizado e mais responsável perante os cidadãos” – pp. 93

(CDU) A CDU defende o papel central do Estado nas políticas de ordenamento do território baseado num sistema de Planos de Ordenamento Nacional, Regionais e Municipais que evitem a arbitrariedade e a desregulamentação nos processos de gestão do território. Os objectivos específicos são o investimento produtivo nas regiões do interior e o combate à desertificação, o reconhecimento do solo e os recursos naturais como bens públicos e a criação de um sistema nacional de dados que permita em tempo real a leitura dos comportamentos do território. Propõe-se ainda a aposta na reabilitação e renovação urbana que corrijam o carácter monofuncional das relações centro-periferia, a implementação de uma Política Nacional de Habitação e a concretização de instrumentos que permitam uma maior participação dos cidadãos na discussão das questões do planeamento e gestão do território.
 
Comments: Publicar um comentário

<< Home
Notícias da Resistência | desde Agosto de 2003 m@il | tiagoms3@yahoo.com.br




  • "(...) porque Cavaco simboliza aquilo que mais náuseas me provoca: a banalização de tudo, o sucesso ranhoso e vazio, o atropelo dos valores e das pessoas, o autoritarismo descabelado, a demagogia, o nacional-carreirismo e os favores, a aldrabice e a cunha, a indiferença, o elogio da pirosice, a ignorância e a escandalosa nulidade cultural, etc, etc..."
    Al berto, "NEM MAIS - jornal do movimento de jovens apoiantes incondicionais de sampaio", 1995




    REDE DE BLOGUES ANTI-CAVACO (em criação...)

  • CAVACO FORA DE BELÉM
  • STOP CAVACO
  • HIPER CAVACO
  • O VOTO É A ARMA DO POVO
    Nome:
    Localização: Lisboa, Portugal
    ARQUIVOS
    08/2003 - 09/2003 / 09/2003 - 10/2003 / 10/2003 - 11/2003 / 11/2003 - 12/2003 / 12/2003 - 01/2004 / 01/2004 - 02/2004 / 02/2004 - 03/2004 / 03/2004 - 04/2004 / 04/2004 - 05/2004 / 05/2004 - 06/2004 / 06/2004 - 07/2004 / 07/2004 - 08/2004 / 08/2004 - 09/2004 / 09/2004 - 10/2004 / 10/2004 - 11/2004 / 11/2004 - 12/2004 / 12/2004 - 01/2005 / 01/2005 - 02/2005 / 02/2005 - 03/2005 / 03/2005 - 04/2005 / 04/2005 - 05/2005 / 05/2005 - 06/2005 / 06/2005 - 07/2005 / 07/2005 - 08/2005 / 08/2005 - 09/2005 / 09/2005 - 10/2005 / 10/2005 - 11/2005 / 11/2005 - 12/2005 /




    Powered by Blogger




  • LINKS
  • ÀS DUAS POR TRÊS
  • BERRA BOI
  • DIAS VAGABUNDOS
  • ENTRE SONHOS
  • LA PIPE
  • SPECTRUM
  • TITAML
  • SOCIOCRACIA
  • LES UNS ET LES AUTRES
  • DESCRÉDITO
  • BOAS INTENÇÕES
  • EM ORBITA
  • FILHO DO 25 DE ABRIL
  • TESSITURAS
  • AQUI QUEM FALA SOU EU